Kritical Vodka

Da wiki KorvusWiki
Ir para: navegação, pesquisa

Kritical Vodka começou como uma banda de Garage rock alternativo, formada em 1989, na zona de Lisboa, por 4 amigos de liceu. Um dos seus membros, Bruno Pires, havia pertencido a uma outra formação mais antiga chamada "Os Kólicas", com a ajuda do seu irmão André Pires.

Em finais de 1995 a banda dissolveu-se sob o nome provisório e transicional de 3º Estado, chegando-se mesmo a pensar numa possível continuação, num registo mais hardcore punk/crossover. Contudo, devido a motivos académicos, Bruno Pires é forçado a deixar Kritical Vodka e esta entra num período de inactividade de 22 anos, até ser reactivada em Setembro de 2018 pelas mãos de Maria Ana Flores (ex-membro) e Shane MiG-L, renascendo das cinzas com novas abordagens e alguma temática Queer.

"Queremos voltar um pouco às raízes da banda, mas com uma mensagem mais madura e ao mesmo tempo, fodida!." (segundo palavras de Flores).


Formação da banda e 1º line-up (1989)

  • Pedro "Peskas" - voz
  • Renato Alves - guitarras e voz, coros
  • Francisco "Teklas" - orgão electrónico
  • Bruno Pires - caixa de ritmos, coros

2º line-up (1990-1992)

  • Bruno Pires - voz, guitarra, coros
  • Renato Alves - voz e guitarra ocasionais
  • Maria Ana Flores - caixa de ritmos, coros

3º line-up (1993-1995)

  • Bruno Pires - voz, guitarra, coros
  • Maria Ana Flores - caixa de ritmos, guitarra ocasional, coros

4º line-up (reactivação da banda - 2018)

  • Shane MiG-L (Shane) - voz, coros
  • Maria Ana Flores (Mary) - baixo, voz, coros, guitarra; orgão electrónico; caixa de ritmos, sampler
  • Pedro Baptista (Bap)+ - guitarra eléctrica
  • Daniel Almeida (Leppy)++ - orgão electrónico, sampler, sequenciador, caixa de ritmos


  • + - (Damage Fanclub)
  • ++ - (The Rumble / Love You Dead)

Membros convidados (2018)

  • Marion Cobretti (Clockwork Boys) - voz

Editora/Netlabel:

  • SubReakt



Ligações externas