Kritical Vodka

Da wiki KorvusWiki
Ir para: navegação, pesquisa
Aria Pro II (1990), ainda tocada em estúdio por Maria Ana Flores em Kritical Vodka


Os Kritical Vodka começaram como uma banda de Rock de garagem / pop alternativo, formada em 1989, na zona de Lisboa, por 4 amigos de liceu. Um dos seus membros, Bruno Pires, havia pertencido a uma outra formação mais antiga chamada "Os Kólicas", com a ajuda do seu irmão André Pires.

As influências iniciais eram um pouco baseadas na onda dos M'as Foice (também conhecidos por É Mas Foice), mas também de uns Pop Dell'Arte, indo até à provocação de Mata-Ratos e Peste & Sida. Com a entrada de Maria Ana Flores para a banda, o som começou a ficar definitivamente mais Punk rock, puxando por vezes para o Hardcore punk.

Em finais de 1995 a banda dissolveu-se sob o nome provisório (e transitório) de 3º Estado, chegando-se mesmo a pensar numa possível continuação, num registo mais hardcore punk/crossover. Contudo, devido a motivos académicos, Bruno Pires é forçado a deixar Kritical Vodka e esta entra num período de inactividade de 22 anos, até ser reactivada em Setembro de 2018 pelas mãos de Maria Ana Flores (ex-membro) e Shane MiG-L, renascendo das cinzas com novas abordagens e também alguma temática Queer.

"Queremos voltar um pouco às raízes da banda, mas com uma mensagem mais madura e ao mesmo tempo, fodida!." (segundo palavras de Flores).


Contudo, em Agosto de 2019 Maria Ana Flores e Shane MiG-L decidem formar uma nova banda com a influência de Kritical Vodka e começar uma nova aventura a partir do zero. A banda dá pelo nome de Gritos da Morgue e inspira-se na letra do "Susto!" e com isto cria-se aqui um novo estilo, o "Cave punk", uma mistura do psychobilly na onda de uns Cramps, o deathrock inicial de uns T.S.O.L e Christian Death, passando pela sonoridade punk rock de Coffin Break e o garage punk de Gas Huffer.



Formação da banda e 1º line-up (1989)

  • Pedro "Peskas" - voz
  • Renato Alves - guitarras e voz, coros
  • Francisco "Teklas" - orgão electrónico
  • Bruno Pires - caixa de ritmos, coros

2º line-up (1990-1992)

  • Bruno Pires - voz, guitarra, coros
  • Renato Alves - voz e guitarra ocasionais
  • Maria Ana Flores - caixa de ritmos, coros, guitarra ocasional

3º line-up (1993-1995)

  • Bruno Pires - voz, guitarra, coros
  • Maria Ana Flores - caixa de ritmos, coros, guitarra ocasional

4º line-up (reactivação e final da banda - 2018-2019)

Maria Ana Flores com baixo Yamaha RBX 170
  • Shane MiG-L (Shane) - voz, coros (2018-actualmente)
  • Maria Ana Flores (Mary) - baixo, voz, coros, guitarra; orgão electrónico; caixa de ritmos, sampler (1990-1995, 2018-actualmente)
  • Daniel Almeida (Leppy)++ - sequenciador, caixa de ritmos, sampler (2018-actualmente)


  • ++ - (The Rumble / Love You Dead)

Editora/Netlabel:

  • SubReakt


Discografia

Singles (formato digital)

  • 2019 - B.P.M (ver. 2019) (sem data confirmada)
  • 2019 - O punk que já não é punk (sem data confirmada)

EPs (formato digital)

  • 2019 - Kritical Vodka (sem data confirmada)

Ligações externas